No artigo anterior, Sustentabilidade na construção civil, vimos que um empreendimento sustentável é aquele que é economicamente viável, socialmente aceito e ambientalmente correto. Neste artigo vamos ver quais são os indicadores de sustentabilidade exigidos na implementação do PBQP-H.

Indicadores de sustentabilidade obrigatórios no PBQP-H

  • Indicador de geração de resíduos ao longo da obra e ao final da obra
  • Indicador de consumo de água ao longo da obra e ao final da obra
  • Indicador de consumo de energia ao longo da obra e ao final da obra

Os indicadores recomendados são:

  • Indicador de Lucro Líquido ao término da Obra
  • Indicador de Satisfação de Cliente
  • Indicador de Conformidade de Serviços
  • Indicador de Cumprimento ao Cronograma Proposto

Ao estabelecer e atender às metas indicadas, a empresa estará na direção correta para tornar-se sustentável.

Com um sistema de gestão, a empresa estabelece procedimentos que fornecem dados para a medição de informações importantes.

Ao finalizar cada processo, um método de monitoramento é criado para fornecer os dados de forma automática, mensalmente. Depois é só alimentar a planilha corretamente.

A sustentabilidade enriquece o marketing da empresa

O marketing que levanta a bandeira de sustentabilidade, nos dias de hoje, vale ouro! Mas o mercado sabe quando a empresa é sincera ou não. A comunicação deve estar de acordo com a realidade.

Implementando o PBQP-H com atenção aos itens do tripé da sustentabilidade, garante que sua empresa se benefície com a implementação e seja reconhecida como uma “empresa sustentável”. Essa possibilidade é mais um benefício do PBQP-H.

Voltar para: sustentabilidade na construção civil.

Templum, um jeito rápido e barato de certificar sua empresa
Ricardo Tocha

Ricardo Tocha

Ricardo Tocha tem 17 anos de experiência prática e atuou na Templum Consultoria criando conteúdo, desenvolvendo sites e outros apetrechos tecnológicos.
Ricardo Tocha