PBQP-H e o Minha Casa Minha Vida

No dia 06 de fevereiro, o Ministérios das Cidades anunciou que o Governo Federal injetará mais dinheiro no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). O objetivo é contratar 610 mil unidades habitacionais para 2017, com isso serão acrescidos mais R$ 8,5 bilhões no orçamento já existente para subsídios e financiamentos.

Este investimento promete aquecer o setor de construção civil nos próximos meses, trazendo novas oportunidades de negócios para os empresários deste segmento.

As mudanças beneficiarão muitas pessoas desejosas em conquistar o seu primeiro imóvel.

O que mudou no MCMV?                                             

Entre as alterações mais importantes, para os que pretendem adquirir uma casa ou apartamento por meio do MCMV, englobam os seguintes requisitos: renda máxima, taxa de juros, valores dos subsídios e os tetos dos valores para o financiamento dos imóveis.

A tabela a seguir é um resumo com as principais alterações do MCMV.

Faixas Renda máxima Taxa de Juros Valores dos Subsídios
Faixa 1 Até R$ 1.800,00 5% a.a Não possui subsídios
Faixa 1,5 R$ 1.800,00 – R$ 2.600,00 5% a.a Até R$ 47.500,00
Faixa 2 R$ 2.600,00 – R$ 4.000,00 Entre 5,5% e 7% a.a Até R$ 29.000,00
Faixa 3 R$ 4.000,00 – R$ 9.000,00 Entre 8,6% e 9,16% a.a Não possui subsídios

 

Outro ponto de destaque, foram as mudanças nos tetos dos valores dos imóveis para utilização do financiamento. Por exemplo, nas capitas do Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro, o valor que era de R$ 225.000,00 passou para R$ 240.000,00. Nas capitais do Norte e Nordeste, o teto de R$ 170.000,00 subiu para R$ 180.000,00.

Com as novas alterações, o MCMV abrangerá uma quantidade maior de pessoas. Anteriormente, o programa não abrangia as famílias que tinham a renda familiar entre R$ 6.500,00 e R$ 9.000,00. Logo, os proprietários de empresas de construção poderão mirar um novo público alvo e, com isso desenvolver novos tipos de produtos.

Para participar você precisa do GERIC e do PBQP-H

Para ter acesso a esses incentivos você deverá provar que tem capacidade técnica, administrativa e financeira para cumprir o que foi acordado. A análise de crédito da Caixa é conhecida como GERIC. O sistema de gestão que garante a qualidade da obra é o PBQP-H.

Guilherme Alonço

Guilherme Alonço

Conteudista da Templum Consultoria Ilimitada e apaixonado por assuntos e notícias que englobam o mundo dos negócios. Formado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário Unitoledo e Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Guilherme Alonço
4 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *