Pular para o conteúdo

Programa Casa Verde e Amarela: Saiba tudo o que é preciso saber!

Conheça o substituto do programa Minha Casa Minha Vida

O programa Casa Verde e Amarela foi lançado com o objetivo de substituir o antigo programa Minha Casa Minha Vida. Ambos têm em comum o intuito de realizar o “sonho da casa própria”, atendendo principalmente famílias mais carentes. 

Quer saber como isso pode afetar a sua construtora? Continue lendo e saiba tudo o que é preciso saber sobre o Minha Casa Verde e Amarela! 

O que é o Programa Casa Verde e Amarela? 

O projeto Minha Casa Verde e Amarela é o novo programa de habitação popular do Governo Federal.

Com o propósito de corrigir as imperfeições do antigo programa de habitação popular, o Minha Casa Verde e Amarela foca em regularizar a moradia das famílias de baixa renda no país.

Tendo em vista que existem pelo menos dois problemas que impedem essa regularização, segundo o Governo Federal:

  • Residências construídas em áreas sem estruturas;
  • Falta de escritura dos imóveis. 

O que mudou com o programa Casa Verde e Amarela?

Veja as principais mudanças do Minha Casa Minha Vida para o Casa Verde e Amarela:

Diminuição na taxa de juros para financiamento da casa própria 

No programa Minha Casa Minha Vida, as taxas de juros a partir de 4,75% no financiamento da casa própria. Já com o novo programa lançado em 2020, o Minha Casa Verde e Amarela implica em taxas de juros para o mesmo tipo de financiamento a partir de 4,25%. 

Taxas menores para as regiões Norte e Nordeste 

Tendo em vista as diferenças sociais envolvidas também na análise do Programa Minha Casa Verde e Amarela, as taxas de juros são menores para essas regiões.

Inclusive, começam em 4,25% ao ano e podem aumentar somente até 8,16% ao ano. 

Assim como incentiva mais focos de produção da Construção Civil nas regiões Norte e Nordeste.

E-book: Mitos e Verdades do PBQP-H

Acreditamos que o acesso à informação de qualidade rompe barreiras, aproxima pessoas, diminui as desigualdades.

Por isso, compilamos tudo o que você precisa saber sobre o PBQP-H em um só documento, para sua leitura ágil e, ao mesmo tempo, o aprendizado profundo sobre um tema que pode impactar os lucros de sua empresa e o legado que ela deixa para a sociedade.

Baixe o e-book preenchendo o formulário abaixo e entenda mais sobre o PBQP-H.

Permissão de renegociação de dívida dos mutuários do Grupo 1 

O grupo 1 compreende as famílias com salários de até 2 mil reais por mês. Fato este que antes não era permitido.

Afinal,  no programa anterior, essa renegociação era permitida somente às famílias de renda de até 1800 reais/mensal.

A mudança está justamente no fato de que essas famílias poderão renegociar suas dívidas com a Caixa Econômica Federal.

Além disso, a troca de faixas (1, ½ , 2 e 3) para os grupos (também 1, 2 e 3). Ainda mantendo a estruturação pela faixa de renda mensal de cada grupo.

O que é facilmente perceptível, é que, ainda que tenha sido retirada do programa a faixa salarial mensal acima de 7 mil reais por mês, o grupo 3 ainda engloba as vantagens atuais dos outros grupos como:

  • Regularização fundiária;
  • Produção Financiada.

Marcações: