Carolina Carvalho
Por Carolina Carvalho

Iniciativas públicas a favor da sustentabilidade

Um dos grandes objetivos da Norma ISO 14001:2015, conforme define seu escopo (Item 1) é fazer com que as organizações busquem gerenciar suas responsabilidades ambientais de forma sistêmica, contribuindo para o pilar ambiental da sustentabilidade. Sendo assim, iremos ver uma iniciativa pública a favor da sustentabilidade que sua organização pode aproveitar neste ano de 2018.  […]


Um dos grandes objetivos da Norma ISO 14001:2015, conforme define seu escopo (Item 1) é fazer com que as organizações busquem gerenciar suas responsabilidades ambientais de forma sistêmica, contribuindo para o pilar ambiental da sustentabilidade. Sendo assim, iremos ver uma iniciativa pública a favor da sustentabilidade que sua organização pode aproveitar neste ano de 2018. 

Diante disto, muitas legislações brasileiras vieram contribuir para a determinação de limites e métodos, sendo uma delas a Lei 12.305, de 2010, que Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), cujo Art. 1 comenta que as responsabilidades são tanto de pessoas físicas e jurídicas, públicas e privadas.

No entanto, por muito tempo as instituições públicas não conseguiam colocar totalmente em prática esta Lei. Quem nunca foi a uma repartição pública, ou a um órgão ambiental, e viu o tanto de papel gerado, quanta burocracia…

Dentre as muitas vezes que estive em locais como estes, me perguntava, para onde vai tanto papel, o que farão com estes documentos daqui alguns anos. É claro que após certo tempo, a papelada toda iria povoar os aterros sanitários do país, que hoje são insuficientes para atender toda à população.

Papel Zero – Uma iniciativa da CETESB

A partir de junho de 2017, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB iniciou um programa que ao meu ver é grandioso, tanto do ponto de vista ambiental como do  ponto de vista burocrático, o Programa Papel Zero.

O programa permite que as empresas realizem o protocolo de documentações através de um site específico, o Portal de Atendimento e-ambiente.

Ganhos obtidos:

  • Redução da utilização de papel e descarte dos mesmos;
  • Redução de emissão de CO2 – devido a produção do papel;
  • Aumento da vida útil dos aterros sanitários;
  • Redução da burocracia enfrentada pelas empresas, que precisavam agendar a entrega das documentações solicitadas, de forma física.

Na minha opinião este programa demonstrou a pegada ambiental da CETESB, engajando-se com a PNRS,  através do uso da tecnologia a favor da sustentabilidade, aplicando conceitos de qualidade (Lean), com o objetivo de melhorar sempre através de ganhos sustentáveis.

O que sua empresa precisa saber?

Caso sua empresa esteja situada no Estado de São Paulo, a partir das datas listadas na página da CETESB, cada agência ambiental passará a receber as documentações de processos abertos através do Portal de Licenciamento Ambiental apenas pelo Portal de Atendimento e-ambiente – SERÃO NEGADOS OS RECEBIMENTOS DE DOCUMENTOS EM PAPEL, onde as empresas deverão encaminhar as documentações em arquivos digitais de até 10MB.

IMPORTANTE: Para acessar o sistema e fazer o Upload dos documentos, será necessário realizar o cadastro do usuário, assim como possuir o número do processo ao qual os documentos deverão ser anexados. Segue o link para o cadastro: E-ambiente.

 

 

 

 

 

 

 

 

Carolina Carvalho

Carolina Carvalho

Sou formada em Engenharia de Alimentos e Pós Graduada em Gestão e Controle da Qualidade. Auditora Líder ISO 9001:2008 e ISO 9001:2015, Auditora Líder ISO 14001:2004 e ISO 14001:2015, Auditora Interna OHSAS 18001:2007. Especialista em Black Belt Lean 6 Sigma, com experiência em implementação de projetos de melhoria contínua e TPM. Possuo mais de 12 anos de experiência nas áreas de Sistema de Gestão Integrada, Auditorias de Sistema de Gestão e Melhoria Contínua. Atualmente sou consultora de implementação e manutenção dos sistemas de gestão em diversas áreas, e auditora nas áreas de gestão da qualidade e meio ambiente.
Carolina Carvalho