Skip to main content
Tempo de Leitura: 3 minutos
Baixar Planilha - Análise SWOT

Análise SWOT: o que é e como aplicar?

A análise SWOT é uma ferramenta realizada para analisar os fatores internos e externos referentes à uma empresa. Como definição de SWOT temos:

S – Strenghts (Pontos Fortes);

W – Weaknesses (Pontos Fracos);

O – Opportunities (Oportunidades);

T – Threats (Ameaças).

Conforme falado anteriormente, a análise é realizada em caráter interno e externo à organização. Na Análise Interna (que é representada pelas letras S e W), temos o levantamento dos pontos fortes e pontos fracos da empresa. Ou seja, seria o momento de “olhar para dentro” e verificar o que tem de melhor e o que ainda precisa melhorar.

Já na Análise Externa (que é representada pelas letras O e T), são avaliadas as oportunidades e ameaças encontradas no ambiente externo (mercado de atuação, por exemplo).

É de extrema importância integrar a Análise SWOT no planejamento estratégico da organização, pois com essa análise profunda dos contextos podemos aumentar a chance da empresa realizar decisões corretas e com base em dados durante o planejamento.

Saiba mais: Como tirar o planejamento estratégico do papel?

Por esse motivo, a Templum criou a Planilha de Análise SWOT!

Explicação para preenchimento da planilha:

– Na aba Contexto:
Contexto Interno: reunir a empresa e os líderes para realizarem essa análise.
Pontos Fortes: incluir quais são os pontos fortes da empresa, ou seja, em quais pontos a empresa é reconhecida por realmente ser boa?

Impacto: definir qual é o impacto de cada ponto forte descrito:
3 = Pouco Impactante;
5 = Impactante;
7 = Muito Impactante;
9 = Extremamente Impactante.

Pontos Fracos: incluir quais são os pontos fortes da empresa, ou seja, em quais pontos a empresa ainda precisa melhorar?

Impacto: definir qual é o impacto de cada ponto fraco descrito:
3 = Pouco Impactante;
5 = Impactante;
7 = Muito Impactante;
9 = Extremamente Impactante.

Contexto Externo:
Oportunidades: inserir quais são as oportunidades externas, ou seja, originadas do mercado/setor para a empresa.

Impacto: definir qual é o impacto de cada oportunidade descrita:
3 = Pouco Impactante;
5 = Impactante;
7 = Muito Impactante;
9 = Extremamente Impactante.

Ameaças: inserir quais são as ameaças externas, ou seja, originadas do mercado/setor para a empresa.

Impacto: definir qual é o impacto de cada oportunidade descrita:
3 = Pouco Impactante;
5 = Impactante;
7 = Muito Impactante;
9 = Extremamente Impactante.

Obs: é muito importante preencher os 5 campos de cada item para que o cálculo do cenário estratégico (próxima aba) seja feito corretamente.

Após finalizar o preenchimento da aba Contexto, na próxima aba nomeada como Cenário Estratégico estará descrito qual é o cenário em que a sua empresa se encontra no momento, podendo ser:

  • Sobrevivência – Neste cenário a empresa precisa priorizar a Redução de custos, desinvestimento, Liquidação do Negócio.
  • Manutenção – Neste cenário a empresa precisa priorizar a Estabilidade, Nicho, Especialização.
  • Desenvolvimento – Neste cenário a empresa precisa priorizar o Desenvolvimento de Mercado, de Produtos, Financeiro, de Capacidades, de Estabilidade, Diversificação.
  • Crescimento – Neste cenário a empresa precisa priorizar a Inovação, Internacionalização, Parceria, Expansão.

A partir do cenário calculado, a empresa deverá elaborar ações de acordo com o descrito e elaborar a política da qualidade com base nisso.

Camila Marcocci

Camila Marcocci

Marketing na Templum Consultoria