Templum Consultoria
Por Templum Consultoria

Contabilidade Consultiva: O método dos 4 passos

A Contabilidade consultiva tem o intuito de ajudar as empresas em suas decisões estratégicas. Entenda neste post como prestar esse serviço de forma assertiva para ajudar seu clientes e criar valor agregado a sua consultoria!


[Total: 1    Média: 5/5]

Sem tempo para ler? Ouça este post aonde quiser clicando no player abaixo:

A Contabilidade Consultiva, é o ato de fazer por seus clientes.  

Agir de fato de acordo com aquilo que você foi destinado: Usar as informações contábeis para que as empresas consigam tomar decisões melhores e se prevenir de possíveis doenças financeiras que podem levá-las à falência.

O ideal é salvar vida das empresas.

E por esse motivo, desenvolvemos uma metodologia completa para te guiar através desse processo da Contabilidade Consultiva e salvar empresas.

Bem, o objetivo desse artigo é te trazer resumidamente os conceitos e práticas desse estilo de Contabilidade. E, por esse motivo trarei passos práticos para que você não perca mais tempo e siga essa metodologia.

Não dê mais desculpas! A Contabilidade Consultiva não precisa esperar:

Antes, como forma de te incentivar a começar e evitar desculpas, quero esclarecer que você não precisa necessariamente de dado contábeis para desenvolver a Contabilidade Consultiva.  

Então você não pode vir com desculpas do tipo: “Aah, não tenho dados Contábeis dos meus clientes… Só tenho dados financeiros… Não posso fazer Contabilidade Consultiva.”.  

Essa desculpa não cola!

Os dados financeiros são um dos pilares da Contabilidade Consultiva. Obviamente se você só tem um dos pilares, você terá uma visão míope.

Maaas, os dados financeiros podem ser suficientes para se fazer uma análise consultiva!

Ser um contador consultor é exercer um papel de protagonista. É fazer o papel do consultor do guia para o sucesso daquela empresa.  

Seja autor do sucesso.  

Não espere que seu cliente peça, entregue valor!

Não perca mais clientes para a concorrência!

E, chega de enrolação!  

Vamos ao que interessa!

O método dos 4 passos da Contabilidade Consultiva:

Para desenvolver, usaremos um método muito próximo ao da medicina. Onde o médico diagnostica e prescreve uma solução, trazendo uma “receita” para a cura.

O contador precisa agir da mesma forma!

A contabilidade é a medicina empresarial!  

E você precisa fazer por onde!

Sendo assim, vamos ao que interessa!

Dividirei esse método em 4 passos, para facilitar o entendimento e sua ação:

1 – Contexto;

2 – Análise de resultados;

3 – Diagnóstico;

4 – Prescrição;

1- Contexto:

Não é possível entender a situação de seu cliente apenas analisando dados.

Números por si só não dizem NADA.  

Por exemplo: Enxergar variações em índices, como um Índice de Liquidez, não te trará nenhum entendimento.

É preciso entender o contexto!

Imagine:  

E se aquela variação de certo índice for simplesmente sazonal?

E se o empresário escolheu dar 2 passos para trás para que depois possa dar 10 para frente?

Você tem que entender o contexto do mercado e o contexto do momento daquela empresa.

Você precisa entender o perfil do empresário.  

Precisa entender se seu cliente gosta de arriscar ou se ele é mais pé no chão e prevenido.

E você só vai compreender se conversar e analisar junto a seu cliente!

2 – Análise dos resultados:  

Você também não desenvolve um bom processo de consultoria sem ter métrica, dados e números.

É de suma importância unir dados ao contexto. Só assim você entenderá o que acontece com a empresa de seu cliente.

Só assim você irá compreender se aquela variação é momentânea ou se ela tem uma tendência de alterações (levando a empresa a falência).  

Gestão de Relacionamento com Clientes para Empresas Contábeis

Aprenda princípios fundamentais para desenvolver relacionamentos fortes com seus clientes, gerando mais resultados.


Gestão

Apenas com essa união você chegará a uma conclusão.

3 – Diagnóstico:

Através dos dados unidos ao contexto, você é capaz de desenvolver um diagnóstico.

Com essa junção você consegue uma análise concreta e certeira.

É assim que você entende se uma empresa pode estar no caminho para o sucesso ou para desenvolver uma doença financeira.

E um ponto muito importante para o diagnóstico é: Não chegar com dados e alterações em índices.

Você deve trazer um conceito palpável que se encaixe com o ocorrido daquela situação!

Não adianta falar: “Seu Índice de Liquidez caiu, etc...

Você precisa dizer o que está acontecendo.

Não fale sintomas, explique a doença.

E, dessa forma, terá um diagnóstico de sucesso.

4 – Prescrição (ou Crescimento assistido):

 Essa é a etapa onde você vai ajudar seu cliente a resolver a situação.  

Essa é a etapa onde você desenvolve um plano de ação para salvar aquela empresa!

Você dirá (a partir de uma conclusão baseada em dados e no contexto) o que fazer para resolver determinada situação.  

Por exemplo, se os prazos médios estão alterados (e em constante alteração), você dirá para seu que ele deve focar em seu estoque.  

E você dirá porque isso acontece.

Nessa fase é possível entender melhor cada processo, desde as políticas de compra até a venda e distribuição.

E, a partir do entendimento, você desenvolverá o plano de ação.

Você ajudará a empresa a se curar da doença!

E assim, desenvolver com sucesso a Contabilidade Consultiva.

Conclusão:

A ideia que quis trazer com esse artigo é a de que a Contabilidade Consultiva é um dos processos essenciais para o sucesso de seu cliente.

E seguindo cada um dos 4 passos, sem desculpas, seu sucesso é garantido!

Não perca mais tempo!  

Seu cliente não pode esperar e a Contabilidade Consultiva não vai te esperar!  

Comece hoje!  

 

Artigo produzido pela equipe Nucont