Viviam Santos
Por Viviam Santos

Evitar más reações para cumprir planos de ação

A implementação de um sistema de gestão é um grande processo de mudança na empresa em que os funcionários precisam mudar alguns comportamentos e rotinas para obter o sucesso desejado. Entretanto, nem sempre é possível cumprir esses planos de ações quando a empresa deseja, porque é comum que determinados funcionários ou setores fiquem resistentes ou […]


A implementação de um sistema de gestão é um grande processo de mudança na empresa em que os funcionários precisam mudar alguns comportamentos e rotinas para obter o sucesso desejado.

Entretanto, nem sempre é possível cumprir esses planos de ações quando a empresa deseja, porque é comum que determinados funcionários ou setores fiquem resistentes ou se neguem a mudar suas formas de trabalhar.

Para a consultora da Templum Consultoria Online, Joice Piffer Barichello, os funcionários dificultam as ações porque as desconhecem, porque pensam que não ganharão nada ou que é uma forma de punição por uma falha anterior.

Dar explicações e treinamentos

Para evitar reações de resistência quanto às mudanças, é preciso que a empresa ofereça treinamentos e explique os objetivos e benefícios para a empresa e a cada setor ou funcionário, etc. Assim, não será uma surpresa aos funcionários quando ocorrer a ação.

Quanto mais integração houver, mais fácil será cumprir as ações, já que a compreensão deles ocorrerá mais rapidamente.

O que deve ser entendido, principalmente, é que essas ações não são punições. Se algo aconteceu nas mãos de determinado funcionário, é preciso deixar claro que poderia ocorrer com qualquer um e que a ação está sendo tomada para evitar que o mesmo acontecimento se repita.

Não é raro um RD de uma empresa também se defender quando são indicadas ações corretivas. Então, é desde o RD que existe essa cultura em algumas empresas. O bom exemplo tem que vir de cima.

Incentivos também ajudam

Há casos de empresas que propõem recompensas aos funcionários que conseguem criticar o próprio processo e fornecer propostas de melhorias à empresa. Essa é uma boa forma para a empresa saber o que está ocorrendo e o que pode ser feito através de informações de seus funcionários.

Além de prêmios, que podem ser desde bonificações até viagens, há casos de empresas que fazem atividades dinâmicas para os funcionários entenderem o sistema de gestão. É interessante e chama atenção, como uma forma de aprender através do entretenimento.

Pensar grande mesmo sendo pequeno

As empresas de pequeno porte são as que mais têm dificuldade em cumprir ações por resistência de funcionários, principalmente nas empresas familiares. Os líderes e funcionários acham que, devido às suas estruturas, é impossível mudar – e isso não é verdade.

Quando há resistência, muitas vezes os registros são preenchidos de forma retroativa e, com isso, o sistema de gestão não é usado para melhorar a empresa de fato – apenas para ganhar certificação.

Portanto, nada de pensar pequeno. Afinal, só se melhora em algo se tem como mudar!