tiago
Por tiago

Como verificar a necessidade de treinamentos para os colaboradores?

Algumas empresas que estão em fase de implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade, acham muito estranho quando falamos que os colaboradores necessitam de treinamentos ou verificar necessidade de treinamentos durante a avaliação de competência, pois, “meus funcionários já sabem muito bem o que fazem, eles não precisam de treinamentos”. Mas isso não é […]


Algumas empresas que estão em fase de implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade, acham muito estranho quando falamos que os colaboradores necessitam de treinamentos ou verificar necessidade de treinamentos durante a avaliação de competência, pois, “meus funcionários já sabem muito bem o que fazem, eles não precisam de treinamentos”.

Mas isso não é verdade, podemos encontrar necessidades de treinamentos em varias situações e aqui vou citar três delas:

1º – Alguns treinamentos são usados para preencher aquela lacuna existente entre as competências necessárias para exercer tal função e a competência que o colaborador possui.

No subitem 6.2.2 da norma diz:

“a) determinar a competência necessária para as pessoas que excutam trabalhos que afetam a conformidade com os requisitos do produto”, isto é, quando definimos uma descrição para cada cargo dentro da organização.

“b) onde aplicável, prover treinamento ou tomar outras ações para atingir a competência necessária”. Para os casos que o colaborador não é competente suficiente para exercer essa função, ele necessita de treinamentos.

Obs: Pode haver situações onde as descrições de cargos são atualizadas, então se antes tal colaborador atendia as competências necessárias, agora pode ser que não esteja atendendo mais, podendo surgir a necessidade de se tomar ações ou planejar treinamentos para que ele atenda essas competências.

2º – No inicio, é necessário fazer treinamentos, como os dos procedimentos e instruções de trabalho, pois é necessário se ter registros que os colaboradores foram treinados e informados da existência de documentos que demonstram como são realizadas suas atividades. Sempre quando houver melhorias no processo, mudanças por conta de alguma não conformidade detectada ou mudança na estrutura do processo que necessite mudança nos procedimentos, todos os colaboradores relacionados a esse processo precisarão de treinamentos novamente, eles devem estar cientes das mudanças.

3º – Se realmente você deseja um “algo mais” para sua organização, um diferencial com embasamento, não só o diferencial de se ter um certificado ISO 9001 (que na verdade já não é mais um diferencial), é necessário que a empresa incorpore essa nova cultura, que os gestores façam palestras de conscientização periodicamente e providenciem treinamentos, além dos já citados, para os colaboradores.

Quanto mais qualificados e motivados são os colaboradores, melhor o desempenho da organização.

Sendo muito importantes os treinamentos relacionados à qualidade, pois um dos principais objetivos da norma ISO 9001 é a melhoria continua dos processos, então necessidade de treinamentos relacionados à qualidade vão surgindo, principalmente para os RD’s e coordenadores do projeto de implementação ou manutenção do SGQ, como por exemplo, as 7 ferramentas da qualidade, mapeamento e modelagem de processos e etc.

Lembrando que normalmente esses treinamentos tiram os colaboradores de suas estações de trabalho por horas e as vezes até por dias, mas pode ter certeza de que é um pequeno esforço que vai trazer um grande resultado.