Skip to main content

Qualidade em RH

By 5 de fevereiro de 2013abril 9th, 2021Qualidade e Inovação
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Atualmente é fundamental provermos um ambiente saudável dentro das organizações, para termos como retorno trabalhos eficazes. Afinal, um ambiente de trabalho tranquilo e prazeroso é fator determinante para a satisfação, ainda mais se levarmos em consideração que passamos metade do nosso dia em nosso ambiente coorporativo.

Um elemento importante, causador de danos à saúde do trabalhador, e que temos que analisar, é a noção de carga de trabalho de acordo com cada posição. Esta carga refere-se à atividade desempenhada em si (principalmente por aqueles que exercem papéis de muita automatização e que não dependem de criatividade). Por isso, cada colaborador dentro da sua atividade, precisa ser exposto a interações e estímulos para que não caiam em desgosto devido à limitação de sua função. Nesse momento é que as qualificações, treinamentos e atividades extras, entre outros, podem ser consideradas visando à qualidade do pessoal – que é o capital humano da empresa.

Por isso devemos olhar com especial atenção ao departamento de RH das empresas, pois o trabalho desempenhado por ele pode se refletir de forma positiva ou negativa, em efeito cascata. Quando são tomadas as providências corretas, reduz-se o índice de absenteísmo, aumenta-se a produtividade e, consequentemente, o lucro.

Este tema abre nossa visão quanto à proposta da ISO 9001 neste setor, que vai além de treinamentos e qualificações. Ela propõe objetivos e resultados, sempre levando em consideração a importância do RH para o sucesso da empresa. Deixa claro que as pessoas são parte integrante, participante, atuante e chave deste ciclo.

Fica a dica aos líderes: trabalhem no sentido de desenvolver mais competências e aliados, de modo a identificar oportunidades e garantir mais resultados!

 

Referência:

Triângulo Mineiro.

Conhecimento Interativo.