segurança dos alimentos como oportunidade
Conrado
Por Conrado

A segurança dos alimentos: uma oportunidade para novos negócios

Em um mercado que sofre constantes mudanças, é essencial saber como existir e se reinventar. Ainda mais em tempos em que a doença COVID-19 coloca em xeque tantas coisas e situações que eram tidas como verdade, a segurança dos alimentos se torna uma necessidade ainda maior. Afinal, os cuidados com os alimentos produzidos e comercializados precisam de uma atenção e cuidados especiais. Tendo em vista que a indústria alimentícia é uma das que não podem parar. Por isso, saiba como é possível usar a segurança dos alimentos como oportunidade para novos negócios.


Tempo de Leitura: 5 minutos

Em um mercado que sofre constantes mudanças, é essencial saber como existir e se reinventar. Ainda mais em tempos em que a doença COVID-19 coloca em xeque tantas coisas e situações que eram tidas como verdade, a segurança dos alimentos se torna uma necessidade ainda maior. Afinal, os cuidados com os alimentos produzidos e comercializados precisam de uma atenção e cuidados especiais. Tendo em vista que a indústria alimentícia é uma das que não podem parar. Por isso, saiba como é possível usar a segurança dos alimentos como oportunidade para novos negócios.

A Indústria de Alimentos e Bebidas no Brasil

Hoje, existem aproximadamente 36,1 mil empresas do setor de alimentos e bebidas no Brasil. Isso de acordo com os dados de 2019 da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA).

Sendo que, aproximadamente, 95,4% desse total de empresas são de pequeno porte. Sobrando, assim, 3,4% para as empresas de médio porte. E somente 1,2% corresponde a empresas de grande porte. 

Esses dados podem ser explicados pela diversidade de alimentação que existe. Ou seja, cada uma das regiões do Brasil possui a sua própria cultura alimentar. Posto que isso impacta diretamente na indústria alimentícia. Por isso, as empresas carregam esse perfil de serem principalmente de pequeno porte e com alcance regional.

Além disso, nesse cenário de pandemia, foi percebido que as demandas de alimentos para preparar em casa, como congelados aumentaram muito. Ou seja, apesar dos fatores negativos da pandemia, as pessoas buscaram consumir mais alguns tipos de produtos. Por exemplo, chegou ao ponto dos mercados que limitar a quantidade de produtos por cliente, pois claramente a demanda estava maior do que os produtores davam conta e se corria o risco de desabastecimento, o que seria agravaria a situação de crises por pandemia grandemente.

A tendência da alimentação em 2020

Para entender as mudanças que sofre o mercado temos que entender o comportamento dos consumidores. As pessoas hoje têm acesso a informação de maneira ilimitada. Isso faz que, com base nessas informações, sejam seguidas algumas tendências marcantes no modo como se alimentam. Assim, as exigências e tendências atuais dos consumidores mundiais de alimentos se agrupam em 5 categorias. 

Veja:

  1. Sensorialidade e Prazer. São os produtos gourmets e com sabores e texturas diferentes.
  2. Saudabilidade e Bem-Estar. São aqueles produtos fortificados, funcionais, energéticos ou relaxantes. Voltados para a alimentação saudável.
  3. Conveniência e Praticidade. Estes são os pratos prontos e/ou semiprontos. Aqueles de fácil preparo e/ou snacks adequados para os momentos de correria.
  4. Qualidade e Confiabilidade. Se encaixam nesta categoria os alimentos naturais, orgânicos e com rastreabilidade. Ou seja, com processos de gerenciamento de riscos e Sistemas de Certificação de Qualidade e Segurança.
  5. Sustentabilidade e Ética. Já nesta categoria se enquadram os alimentos vinculados a causas sociais, organizações filantrópicas, produtos de empresas sustentáveis e certificadas em responsabilidade social e/ou ambiental.

 

Na nossa opinião, uma das questões mais interessantes dessas 5 categorias foi a tendência de procurar por produtos de Qualidade e Confiabilidade. Isso mostra que o consumidor final também está tendo acesso às informações sobre a qualidade e confiabilidade da produção dos seus alimentos. E em consequência, tem demonstrado essa preocupação com os produtos que consome, fazendo escolhas de compra mais consciente e muitas vezes deixando de lado o custo em prol da tranquilidade de adquirir alimentos de qualidade e seguro.

É por isso que é preciso ressaltar que, ainda que a categoria de Conveniência e Praticidade seja a mais procurada pelos consumidores brasileiros, se o alimento não tem o respaldo da Confiabilidade e Qualidade no sobrevivera no tempo.

segurança dos alimentos como oportunidade

Principais fatores considerados na decisão de compra de alimentos industrializados

Outro ponto importante a discutir é que as tendências de hábitos mais saudáveis trazem uma imagem negativa sobre os produtos industrializados. Segundo uma pesquisa da FIESP de 2019, existem alguns fatores que impactam diretamente na decisão de compra de alimentos industrializados. 

Os fatores que se prevê no futuro que terão mais impacto positivo na decisão de compra são as questões de mais qualidade e menor quantidade de conservantes e agrotóxicos. Se importando cada vez menos o reconhecimento da marca e o sabor.

segurança dos alimentos como oportunidade

Com isso, fica claro que no Brasil do futuro, as pessoas terão mais informação e serão mais conscientes sobre os produtos que consomem. Assim, tenderão a valorizar aqueles produtos com mais atributos de qualidade e com menor utilização de produtos químicos.

Agora que você já sabe a tendência do mercado, e se está pensando em montar um negócio nesse segmento é preciso saber por onde começar?

Estratégia de Mercado

Depois de definir seu produto, conforme as tendências de mercado, planejar sua operação de produção com equipamentos, infraestrutura e demais recursos, é preciso focar também, na estratégia de mercado. Sabendo que, geralmente, as empresas conseguem recuperar seus investimentos em dois anos de mercado e passam a ter lucros após 30 meses, é preciso ser consistente disso e ter um bom planejamento para recuperar o dinheiro investido e começar a ter lucros.

Então, quais são os caminhos?

Marca Própria

Segundo a revista Live Marketing, “Desenvolver marcas próprias para os setores de varejo e serviços pode ser uma estratégia de entrada em novas categorias ou canais com baixíssimo risco e investimento”. 

Ou seja, uma Marca Própria é uma opção para cortar o caminho e reduzir o tempo de recuperação do investimento. Afinal, as maiores dificuldades encontradas por quem entra nesse ramo é posicionar a marca no mercado, achar os canais de distribuição, concretar estratégias de marketing eficazes. Tudo isso fica reduzido com o desenvolvimento da marca própria para redes de varejo ou supermercados.

As Marcas Próprias são os produtos com selo do distribuidor. Sendo que, geralmente, esses produtos são elaborados por terceiros, já que o distribuidor não possui instalações nem conhecimento técnico para realizar a produção. Assim se cria uma parceria entre o fabricante e o distribuidor, mas para consolidar a sociedade o fabricante passa por um rigoroso processo de seleção e qualidade.

Saiba mais sobre o Posicionamento e as Tendências da Marca Própria no nosso Webinar!

 

Então, o que a segurança dos alimentos tem a ver com a oportunidade para novos negócios?

Sabendo, portanto, que as Marcas Próprias passam por um rigoroso processo de seleção e qualidade, a segurança dos alimentos é fundamental.

Afinal, o distribuidor (que terá seu nome no produto) precisa ter sempre total certeza do produto que ele está comprando para distribuir.

Então, quando o varejista colocar um produto na gôndola dele e com o nome dele, mas feito por um terceiro, logicamente precisará de todas as garantias que comprovem que esse produto é de qualidade e que cumpre com as normas de segurança dos alimentos.

Agora, imagine a situação por outra ótica. Imagine o impacto em todos os produtos da mesma marca se um produto produzido por terceiros não atender os requisitos de segurança de alimentos e contém algum contaminantes. Com certeza a imagem do distribuidor seria muito prejudicada. É por isso que as exigências sobre os fabricantes terceiros para que atendam os requisitos são muito grandes.

E é assim que a segurança dos alimentos como oportunidade de novos negócios impacta diretamente nos bons resultados da sua empresa.

 

Quer saber mais como a Templum pode te ajudar com a Segurança dos Alimentos e como oportunidade? Clique no banner e obtenha ajuda de especialistas!

banner segurança dos alimentos como oportunidade

Conrado

Conrado Arduini em Templum Consultoria
Conrado