Ronaldo - Qualiblog
Por Ronaldo - Qualiblog

Segredos do Sucesso na Implantação da ISO 9001

A preparação para obter uma Certificação é um processo longo, demorado e muitas vezes estressante. Bem; longo e demorado vai ser mesmo, mas não precisa ser estressante… Como começa essa história Um belo dia, seja por necessidade de mercado, seja por motivação própria (melhor quando é assim), a Direção da empresa decide que é hora […]


A preparação para obter uma Certificação é um processo longo, demorado e muitas vezes estressante. Bem; longo e demorado vai ser mesmo, mas não precisa ser estressante…

Como começa essa história

Um belo dia, seja por necessidade de mercado, seja por motivação própria (melhor quando é assim), a Direção da empresa decide que é hora de obter a tão falada Certificação! Podem não ter percebido, mas é nesse exato momento que começa o processo de preparação para a Certificação!

Com a idéia concebida, diversos passos precisarão ser dados para torná-la real. Vamos acompanhar essa viagem?

Preparando a jornada

Calma. É esse o primeiro segredo do sucesso! Não adianta querer o certificado para ontem, não adianta espernear, brigar, bufar… Se quer fazer, faça direito! E ter calma é essencial para evitar o estresse nessa jornada de mudanças, ajustes e crescimento. Acho que ninguém quer um certificado a troco de uma ponte de safena, não é mesmo?

Depois da calma e, até mesmo por causa dela, vem o planejamento. Colocar no papel o projeto idealizado é a melhor maneira de visualizar todo o trajeto, como se tivesse nas mãos um mapa para uma viagem de férias muito desejada. Comparando, o mapa permite que você determine quanto tempo vai durar a viagem, onde estão os postos para abastecer, onde vai comer e dormir… Dá também uma base para calcular o custo da viagem. – Pois o mapa desse processo vai ser um cronograma detalhado contendo cada atividade necessária até a obtenção do certificado desejado. Nele estarão definidos prazos iniciais para cada etapa, pode conter custos estimados, responsáveis (quem vai dirigir o carro em cada trecho da estrada), paradas (verificações, auditorias, etc.).

Autocrítica

Seja sincero consigo mesmo e com sua equipe. Tem alguém habilitado para conduzir esse processo? Se tem, ótimo! Se não, há duas opções: Formar alguém que queira – demora mais, pode custar menos; ou contratar uma consultoria – vale o inverso: é mais rápido e pode custar mais. Decida.

Conscientização

Uma decisão da Direção geralmente não é contestada, mas mesmo assim a idéia vai precisar de apoio. Torcida contra é uma coisa péssima para esse projeto!… Comunique a todos da empresa a decisão tomada, seja transparente e mostre os pontos positivos para a empresa e para os funcionários, conquiste o comprometimento da maioria (de todos nem sempre dá…).

Por falar em comprometimento…

Até a hora de contar para todo mundo a Direção estava interessadíssima no projeto, mas depois que começou o trabalho ela não deu mais as caras? – Afinal, você quer ou não ter sucesso nessa empreitada? – O comprometimento da Direção é fundamental desde o início! É igual amor de mãe: deve começar no útero e esperamos que exista a vida toda! – Por isso é importante que a Direção mostre interesse; acompanhe a evolução dos trabalhos; se pronuncie de vez em quando; cobre e elogie, conforme o caso e o momento. Lembra da parábola da Galinha e o Porco<? – Não tem outro jeito: você tem que ser o Porco!

Treinamento e Melhorias

Conhecimento é tudo. No decorrer do projeto serão detectadas necessidades de treinamento, de melhorias nos processos da empresa, aquela sujeirinha sempre escondida sob o tapete vai aparecer… Numa viagem longa não pode furar um pneu, alguém ter enjôo, pegarmos um caminho errado? – pois é, problemas acontecem, mas não precisam necessariamente estragar a viagem! – Assim como a gente aprende a cada viagem que faz, nessa a empresa precisa aprender que as coisas podem ser diferentes e melhores. Tem quem resista, claro! Mas com franqueza, diálogo e transparência dá para contornar todos os buracos dessa estrada… Contra fatos não há argumentos. Se uma alteração de processo for realmente necessária e bem embasada, até os mais durões se dobram.

Chegada

Passadas todas as fases do projeto, além de uma grande história para contar, a empresa terá coroado de êxito seu esforço obtendo a certificação e mais que isso: uma nova forma de trabalhar, mais consciente, mais produtiva e com Qualidade de verdade! Este é o verdadeiro SUCESSO na certificação!

Fonte: Qualiblog

Últimos posts por Ronaldo - Qualiblog (exibir todos)