Guilherme Kiellander
Por Guilherme Kiellander

Como aplicar a motivação e disciplina do esporte no seu negócio

Manter um negócio funcionando em uma época de crise não é fácil, e fazer a renda crescer é ainda mais difícil. A luta é grande, e quem vive no mundo corporativo enfrenta uma competição constante tão grande quanto esportistas em campeonatos. Fizemos uma entrevista com o campeão de powerlifting David Coimbra, e ele dá uma lição de motivação, disciplina, e aprendizado que você pode aplicar na sua empresa e melhorar suas vendas.


Nesse post, vamos mostrar como você pode usar os conselhos do esportista para motivar seus times, e trabalhar com disciplina para atingir seus objetivos. Acompanhe!

O que o esporte ensina sobre motivação

Continuar lutando apesar das dificuldades é algo comum no esporte. O treinamento é essencial, e conseguir se manter motivado para dar o seu melhor é uma prática que todo esportista adota e pode ser aplicada nos negócios. O importante é entender o que motiva você e seus funcionários para que você possa explorar o potencial da sua equipe.

A motivação é algo pessoal e pode ser bem diferente entre pessoas de uma mesma empresa. Alguns se motivam com a família e os filhos, outros por compras ou viagens, e tem gente que encontra motivação simplesmente por atingir metas cada vez mais altas. Mas o importante é que tudo isso alimenta um objetivo comum do time, e para ter sucesso é essencial trabalhar para que sua equipe e você tenham essa motivação constante.

Técnicas de gestão motivadora podem ajudar a incentivar a motivação nos negócios: escute seus funcionários, e mantenha-os inspirados da maneira que puder. Algumas empresas perguntam em entrevistas de emprego qual é a maior motivação de uma pessoa para trabalhar e exercer aquela função, assim pode alimentar essa força motora e obter melhores resultados desses funcionários. Esse conhecimento vai abrir portas para você inspirar seu time, e fazer com que fiquem mais ativos e satisfeitos com o trabalho.

Tenha disciplina

Essencial no esporte e nos negócios, a disciplina é o que faz a diferença na hora dos resultados. David destaca que assim como no mundo esportivo, quase tudo é uma competição em ambientes corporativos, e a disciplina para realizar suas tarefas e se preparar é imprescindível.

Enquanto o campeão de powerlifting se prepara com um treino pesado de condicionamento físico, na sua empresa a realidade é outra. Aumentar vendas e conseguir superar rombos de orçamento são objetivos comuns em tempo de crise, e aplicar práticas de auto avaliação pode ser uma das soluções mais efetivas no seu negócio. Se disciplinar para conseguir lidar com diretrizes estritas estipuladas por você mesmo faz com que você consiga atingir as altas metas que você definiu. 

Como disse o próprio David Coimbra: toda vez que você deixa um momento de fraqueza – problemas pessoais, crise econômica, e instabilidade do mercado – tomar conta dos seus objetivos, alguém continua lutando e ficando melhor que você. Se você trabalha com disciplina, vai saber que sempre está fazendo o melhor que pode.

Como lidar com vitórias e derrotas?

Saber lidar com vitórias e derrotas mantendo a motivação faz com que você consiga entender melhor seus objetivos e fraquezas. Quando uma empresa atinge a meta de vendas, por exemplo, é comum dar recompensas aos melhores vendedores, realizar festas para reconhecer os feitos, e parabenizar o time. Mas é importante ter sempre os olhos voltados ao próximo prêmio, e logo depois da pequena pausa para comemorar a vitória, continuar lutando e treinando para atingir metas mais altas. Você coloca seus objetivos adiante e corre atrás deles. 

A derrota, por outro lado, pode ser devastadora e desanimadora. Quando suas vendas caíram 30% no semestre ao invés de subirem o esperado, sua equipe precisa de motivação para continuar e não de desânimo para desistir. O importante é lidar com a derrota como um constante aprendizado: se as vendas caíram, analise o que aconteceu de errado, quais foram os principais problemas, e quais clientes deixaram sua empresa de lado e optaram por alguma alternativa. 

Sabendo disso você consegue buscar uma solução prática para evitar que esses erros aconteçam no futuro, e pode tomar atitudes diretas como: treinar melhor seus funcionários, ter mais contato com a sua equipe de vendas, reestruturar a empresa, buscar acordos com bancos para suprir os buracos no orçamento, e continuar tentando.

Não desista

Quando a dificuldade aparece e a crise assombra o mercado, é normal vermos empresários – que se aproveitavam de uma economia que crescia – apavorados com quedas constantes nas vendas. Mas é necessário saber lidar com a situação, procurar formas modernas de marketing, usar a internet, e apostar em novos canais. Avalie seus processos para deixá-los otimizados, não adianta reclamar da crise sem tomar atitudes concretas para superar suas dificuldades.

A lição que David Coimbra deixa é simples: com motivação, disciplina, objetivos claros, e aprendizado, é possível sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo.

Como você usa essas práticas na sua empresa? Compartilhe suas experiências nos comentários!