Como lucrar com a ISO 9001

A norma ISO 9001 em sua edição que foi lançada em 2015 assume de vez a sua posição estratégia.

Na teoria tudo muito bonito, porém, apesar de toda a conscientização e debate que existe em torno dessa nova norma, 01 ano após a sua publicação, ainda vejo 02 grupos muito distintos e distantes um do outro, que são os gestores das empresas que continuam achando que tudo não passa de um certificado na parede e os RD´s que continuam se preocupando principalmente com seus preciosos documentos.

E quer saber a notícia ruim: a sua empresa continuará com resultados pouco expressivos com a ISO 9001 enquanto os dois grupos não mudarem a forma de pensar.

Mas como mudar esse cenário e realmente lucrar com a ISO 9001?

Oras, começando do começo… Estranho não? Mas é exatamente isso. E é por isso que começo essa coluna com esse tema!

A base da norma ISO 9001 são os Princípios da Qualidade, que são:

  • Foco no cliente;
  • Liderança;
  • Engajamento das pessoas;
  • Abordagem de processos;
  • Melhoria;
  • Tomada de decisão baseada em evidência;
  • Gestão do relacionamento.

Se procurarmos o significado da palavra base no dicionário, encontraremos as definições: princípio, origem, fundamento, linha que sustenta as outras linhas…

Isso quer dizer que o sucesso sustentado da norma, ou seja, que a empresa só terá lucro com a implementação da ISO 9001, quando houver a aplicação real dos princípios da qualidade.

Mas, como aplicar os princípios da qualidade?

Existe um roteiro simples com 10 passos para essa aplicação de todos os princípios da qualidade:

  1. Entenda a missão da empresa, o direcionamento estratégico, o benefício central dos produtos oferecidos, a proposta de valor e o público alvo (FOCO NO CLIENTE E LIDERANÇA);
  2. Defina os processos que atuam nessa proposta de valor e que garantem a entrega do resultado pretendido e os riscos que podem impossibilitar essa entrega (ABORDAGEM DE PROCESSOS);
  3. Defina planos de ação de forma a minimizar os possíveis riscos (MELHORIA);
  4. Identifique as atividades chaves e os recursos necessários para a realização dessas atividades (ABORDAGEM DE PROCESSOS);
  5. Garanta a disponibilização dos recursos com parceiros de negócio (GESTÃO DO RELACIONAMENTO);
  6. Monitore os resultados encontrados e a satisfação dos clientes e parceiros (TOMADA DE DECISÃO COM BASE EM EVIDÊNCIA);
  7. Defina planos de ação para resultados fora do padrão estabelecido (MELHORIA);
  8. Acompanhe a implementação dos planos de ação (MELHORIA);
  9. Mantenha a sua equipe informada de todos os passos anteriores e resultados encontrados (ENGAJAMENTO DAS PESSOAS);
  10. Realize os 09 passos anteriores de forma cíclica (pdca) e no início de um novo ciclo, sempre estabeleça uma meta desafiadora no direcionamento estratégico.

Repare que apesar de parecer estranho, em nenhum momento falamos em documentos. Isso porque os documentos agora são recursos para a entrega do resultado das atividades e não atividades obrigatórias do sistema de gestão. Da mesma forma, não temos como realizar os passos acima, com uma direção que não segura o manche do barco e aponta a direção correta a seguir.

Vamos tentar mudar?

Então hoje eu faço um convite a gestores e RD´s de empresas que são certificadas ou que estão em processo de certificação para uma análise do sistema de gestão e aplicação do roteiro acima. Eu garanto que a correta aplicação desses tópicos trarão retorno sobre o investimento da certificação e que a empresa colherá imensos benefícios com a implementação do sistema de gestão.

Vamos tentar? Me conte aqui como foi a sua experiência.

Daniela Albuquerque

Daniela Albuquerque

Responsável técnica em Templum Consultoria Ilimitada
Formada em Comunicação Social, pós-graduada em Gestão de Negócios pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e especialista em Sistemas de Gestão Integrada. Participou do comitê da ABNT de revisão para a ISO 9001:2015. É responsável técnica da Templum Consultoria Ilimitada.
Daniela Albuquerque
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *