Daniela Albuquerque
Por Daniela Albuquerque

Grêmio e a ISO 9001 no futebol

O clube Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense recebeu, na semana passada, a recomendação para a certificação ISO 9001. De acordo com o comunicado oficial divulgado pelo clube, “ao término da Fase II da Auditoria efetuada pela empresa ABS Quality Evaluations , ocorrido em 07/05/2010, o Grêmio foi recomendado para Certificação ISO 9001:2008 no escopo Gerenciamento de […]


O clube Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense recebeu, na semana passada, a recomendação para a certificação ISO 9001.

De acordo com o comunicado oficial divulgado pelo clube, “ao término da Fase II da Auditoria efetuada pela empresa ABS Quality Evaluations , ocorrido em 07/05/2010, o Grêmio foi recomendado para Certificação ISO 9001:2008 no escopo Gerenciamento de Associados , que engloba todos os processos de atendimento aos sócios, de administração de convênios e benefícios, de organização de jogos e de ações consulares, entre outros.”

A implementação, desenvolvida em parceria com a consultoria Lucem Sistemas Integrados de Gestão, envolveu o treinamento e compromisso de mais de 70 funcionários das áreas de administração e suporte do clube.

O Grêmio é um dos três times que contam com a certificação ISO 9001. Os outros dois são o Sport Club Internacional (também de Porto Alegre) e o Santos Futebol Clube.

O Inter, aliás, foi o primeiro clube a receber a recomendação, no final de 2008. A recomendação da certificação foi dada à operação em dias de jogos, visando maior segurança e organização. “É assim que se faz um clube vencedor. As vitórias dentro de campo têm que ser acompanhadas do comprometimento com o torcedor. O Internacional é um clube exemplar. Na final da Copa Sul-Americana, mais de 52 mil torcedores assistiram ao jogo no Beira-Rio e não houve um incidente sequer que manchasse a hospitalidade gaúcha. Todos os funcionários se empenharam ao longo de mais de oito meses de trabalho para conseguirmos esta certificação. Todos estão de parabéns”, afirmou o presidente do Internacional, Vitorio Piffero, em entrevista ao site Globoesporte.com (leia).

Já o escopo da certificação do Santos, cuja recomendação foi emitida em novembro de 2009, abrange a recepção e atendimento ao sócio e torcedor em geral. A escolha deste escopo visa exatamente atingir todo o serviço oferecido pelo clube que é diretamente percebido pelo seu cliente, o torcedor.

Entre os objetivos da qualidade estão assegura a satisfação dos torcedores, melhorar o processo de comunicação com o torcedor, aumentar o conhecimento dos torcedores com relação aos serviços oferecidos pelo clube, tornar o Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro) reconhecido como um ambiente seguro para recepção de seus torcedores, aumentar a capacitação dos colaboradores e melhorar continuamente o processo de recepção e atendimento aos torcedores.

Daniela Albuquerque

Daniela Albuquerque

Sócia e Especialista Chave em Templum Consultoria
Por ser apaixonada por qualidade e melhoria contínua de negócios e pessoas sou a Sócia Responsável pelo Sucesso do Cliente na Templum por meio de mentoria e treinamento interno das equipes de consultores e atendimento ao cliente e da elaboração de produtos, treinamentos e conteúdos que permitem o fortalecimento das empresas.
Formada em Comunicação Social, MBA em Gestão de Negócios e especialista em Sistemas de Gestão Integrada.
Daniela Albuquerque