Guilherme Kiellander
Por Guilherme Kiellander

Saiba como tirar o planejamento estratégico do papel

Um planejamento estratégico bem elaborado indica a direção, identifica oportunidades, aponta riscos e ameaças a serem administrados. Porém, sem ação, nada disso importa! Em outras palavras, o planejamento deve servir como um guia para o gestor e ajudá-lo a corrigir possíveis desvios no caminho rumo ao objetivo definido. Porém, a prática é outra história e configura como o empresário poderá atingir os resultados planejados.


Segundo Thomas Edison, desenvolvedor de muitos dispositivos de interesse industrial, o planejamento é responsável por apenas 1% dos resultados obtidos, enquanto os outros 99% ficam por conta da ação. Com base nessa afirmação, ficamos inspirados e desenvolvemos esse post para você que ainda não decidiu como tirar o seu planejamento estratégico do papel e torná-lo realidade.

Treinamento - Planejamento Estratégico

Confira dicas práticas para elaboração do planejamento estratégico em seu negócio. Basta preencher corretamente o formulário abaixo!


Treinamento

Vamos conhecer agora algumas dicas que aumentarão as nossas chances de sucesso com o planejamento estratégico!

#1ª Dica: Dê importância ao “como fazer” para justificar “o que fazer”

Geralmente, os gestores gastam muito tempo desenvolvendo um planejamento estratégico. O desperdício de tempo tende a aumentar  no momento de definir o que fazer para que os objetivos da empresa sejam alcançados.

O problema é que sem especificar uma forma o “como fazer”, a tarefa se torna mais difícil. Além disso, ao apresentar resultados abaixo do esperado, aumenta-se o risco do planejamento estratégico ser abandonado.

Sendo assim, definir o que fazer é importante, mas concentrar suas forças para focar no como fazer tirará a impressão de superficialidade do projeto. É o diferencial que trará os resultados e garantirá o sucesso duradouro.

Dica de leitura: Você conhece o 5W2H?

#2ª Dica: Garanta o envolvimento de toda a empresa no planejamento estratégico

Ok! Definido o que fazer e como fazer para tornar a teoria em prática, é hora de garantir que o seu empenho não seja em vão. Motivar a equipe de trabalho pode ser uma tarefa difícil sem o envolvimento de todos.

É importante demonstrar como cada colaborador representa um pilar de sustentação na estratégia e como o baixo desempenho de um pode colocar em cheque todo o planejamento. Mostre também os benefícios que eles terão e faça-os se sentirem importantes e integrados aos valores da empresa.

Dica de leitura: Como fazer campanhas de comunicação para gerar engajamento nos colaboradores

#3ª Dica: Divida o planejamento em metas por etapas

Um objetivo pode ser mais facilmente alcançado quando é divido em metas por etapas e partilhado entre os departamentos responsáveis.

Um planejamento estratégico anual, por exemplo, envolve objetivos a serem alcançados em cada departamento da empresa, representando uma parte do objetivo principal. Ao dividi-lo em etapas com metas mensais e análises dos resultados obtidos, as chances de correção de desvios são maiores e contribuirá para manter a motivação dos funcionários ao longo do percurso.

#4ª Dica: Ofereça os recursos necessários para a execução do planejamento

Colocar um planejamento estratégico em prática depende inteiramente da estrutura que o gestor irá montar para a sua ação. Leve em consideração a metodologia que utilizará para garantir as melhores práticas (metodologias ágeis), as ferramentas tecnológicas ideais para estimular essas práticas (softwares e equipamentos), os recursos materiais necessários para a produção e a preparação da equipe para o trabalho. Todos esses fatores combinados formam uma estrutura suficiente para a execução do seu planejamento estratégico.

O mapeamento de processos é uma ótima opção para levantar todos os recursos importantes para execução dos seus planos. Para isto, a Templum disponibiliza uma ferramenta própria, que denominamos de Tartaruga turbinada. Ela é útil para auxiliar quem está em processo de elaboração e desenho dos processos.

Conheça a Tartaruga Turbinada da Templum!  

#5ª Dica: Tenha o apoio de um parceiro com experiência para ajudar

Desenvolver um bom planejamento estratégico sozinho é possível.

Sentir a sua eficiência na prática depende do grau de conhecimento e experiência que os gestores terão para executá-lo corretamente. Nesse ponto, contar com o apoio de uma consultoria especializada pode fazer toda a diferença. A transferência de Know how pode ampliar os horizontes da empresa e ajudar a identificar e aproveitar oportunidades para a expansão de mercado, adoção de inovações e a utilização das melhores práticas existentes no mundo. Além disso, é um passo importante para a obtenção de uma certificação ISO e elevar a credibilidade da empresa no mercado.

Agora queremos saber de você. O que considera importante na hora de tirar um planejamento do papel e torná-lo realidade? Conta para nós!