Daniela Albuquerque
Por Daniela Albuquerque

Desempenho e Performance. Como analisar?

É muito comum entender as classificações Desempenho e Performance como sendo sinônimos, mas será mesmo que representam o mesmo significado?


Sendo sinônimos ou não, o que essa definição interfere no sistema de gestão da qualidade de uma empresa?

Então, vamos analisar:

Segundo o Dicionário Aurélio, a definição para cada uma das palavras citadas é:

DESEMPENHO: “Ato ou efeito de desempenhar; cumprimento, exercício, execução: desempenho de uma atividade remunerada”

PERFORMANCE:  “Resultado obtido, em cada uma de suas exibições em público, por um cavalo de corrida, por um atleta etc. / Conjunto dos resultados obtidos em um teste. / Proeza esportiva”

De acordo com esses significados, podemos entender: desempenho é a execução, é o cumprimento das atividades e performance é o resultado do cumprimento da atividade.

Webinar - Gestão por indicadores na Prática

Confira os benefícios de uma gestão com foco total nos resultados. Webinar gratuito, para assistir preencha corretamente o formulário abaixo!


Webinar

Ok, mas agora você deve estar se perguntando:

Qual a relação disso com o meu Sistema de Gestão da Qualidade? Como analisar o desempenho e a Performance?

Ao implementar um sistema de gestão da qualidade, criamos uma série de indicadores de que irão medir algumas situações definidas pela empresa dentro de algumas metas pré-estabelecidas. Esses indicadores são normalmente analisados em reuniões com o corpo diretivo.

A questão é que um sistema de gestão da qualidade bem implementado, gera uma quantidade enorme de dados, além dos indicadores de desempenho estabelecidos, que ao serem analisados levando em consideração o seu resultado ao longo de períodos mais espaçados, ou seja, ao observar a performance desses dados, é possível extrair diversas estratégias para o aprimoramento e crescimento da empresa.

Para isso, recomendo que a empresa defina uma sistemática para análise periódica de dados da empresa e não deixe esse tipo de atividade de forma aleatória. Indique para cada área alguns pontos de análise, estabeleça um responsável que irá extrair e compilar as informações necessárias e elaborar um relatório gerencial, e discuta com todos os responsáveis da empresa cenários possíveis a partir dos resultados obtidos. É muito importante que esses resultados sejam analisados como um todo e não de forma isolada por área. Afinal, o resultado da empresa é um resultado do esforço de todos juntos.

Bom Trabalho!

Daniela Albuquerque

Daniela Albuquerque

Sócia e Especialista Chave em Templum Consultoria
Por ser apaixonada por qualidade e melhoria contínua de negócios e pessoas sou a Sócia Responsável pelo Sucesso do Cliente na Templum por meio de mentoria e treinamento interno das equipes de consultores e atendimento ao cliente e da elaboração de produtos, treinamentos e conteúdos que permitem o fortalecimento das empresas.
Formada em Comunicação Social, MBA em Gestão de Negócios e especialista em Sistemas de Gestão Integrada.
Daniela Albuquerque