metodologia MASP
Joice
Por Joice

Metodologia MASP – Metodologia de Análise e Solução de Problemas

A Metologia MASP é um método de análise e solução de problemas. A metodologia MASP é método utilizado para o desenvolvimento de um processo de melhoria num ambiente organizacional. Seu foco é na solução de problemas e obtenção de resultados otimizados. Fique até o final do texto que iremos discorrer cada detalhe desta ferramenta.


[Total: 1    Média: 5/5]

O MASP, de origem japonesa, se aplica aos problemas classificados como “estruturados”, cujas causas comuns e soluções sejam desconhecidas, que envolvam reparação ou melhoria ou desempenho e que aconteçam de forma crônica.

De forma ordenada, a metodologia MASP é composto de passos e sub-passos pré-definidos para a escolha de um problema. Com ela é possível:

  • realizar análise de causas;
  • determinar e planejar um conjunto de ações que consistem em uma solução;
  • verificar se o resultado da solução e realimentação do processo para a melhoria do aprendizado.

O método prescreve como um problema deve ser resolvido. A metodologia é destinada a solucionar problemas dentro das organizações e incorpora um conjunto de idéias inter-relacionadas que envolvem a tomada de decisões, a formulação e comprovação de hipóteses, a objetivação da análise dos fenômenos, dentre outros, o que lhe confere um caráter sistêmico.

O MASP é formado por oito etapas que são subdivididas em passos que é seu diferencial

#1ª Etapa: Identificação do problema

A primeira etapa consiste em definir claramente o problema e reconhecer sua importância. Nesta parte, iremos:

  • Identificação dos problemas mais comuns;
  • Levantamento do histórico dos problemas;
  • Evidência das perdas existentes e ganhos possíveis;
  • Escolha do problema;
  • Formar a equipe e definir responsabilidades;
  • Definir o problema e a meta.

#2ª Etapa: Observação

Após a identificação do problema, a metodologia MASP sugere investigar as características específicas do problema com uma visão ampla e sob vários pontos de vista, por meio de:

  • Observação das características do problema através de dados existentes;
  • Observação do problema no local;
  • Cronograma de trabalho.

#3ª Etapa: Análise

Descobrir as causas fundamentais é uma falha que não podemos cometer, para isto precisamos:

  • Levantar as variáveis que influenciam no problema;
  • Escolher as causas mais prováveis (hipóteses)
  • Coletar dados nos processos;
  • Analisar as causas mais prováveis;
  • Confirmar as hipóteses;
  • Testar a consistência da causa fundamental.

#4ª Etapa: Plano de ação

Chegou a hora de planejarmos as nossas ações! Iremos conceber um plano para bloquear as causas fundamentais, os subprocessos neste caso são:

  • Elaborar a estratégia de ação;
  • Elaborar o plano de ação
  • Negociar o plano de ação.

#5ª Etapa: Ação

Planejou, então execute. Bloquear as causas fundamentais é o que garante o sucesso do programa. Esteja preparado para:

  • Divulgar o alinhamento;
  • Executar as ações;
  • Acompanhar as ações.

#6ª Etapa: Verificação

Será que o que foi implementado, está ok? Verificar se o bloqueio foi efetivo é necessário para saber se os resultados reais se equiparam com os resultados esperados, sendo assim:

  • Compare os resultados com a meta estabelecida;
  • Identifique os efeitos secundários.

A ação foi efetiva? Vamos para a próxima etapa.

#7ª Etapa: Padronização

Prevenir contra o reaparecimento do problema. Por isso, atividades, como:

  • Elaborar ou alterar documentação;
  • Treinamento;
  • Registros;
  • Comunicação.

São fundamentais para o sucesso da metodologia MASP.

#8ª Etapa: Conclusão

Recapitular todo o processo de solução do problema para trabalho futuro! Sem uma análise final os erros podem voltar a acontecer, lembre-se o sentido é melhorar continuamente, sendo assim é importante:

  • Identificar os problemas remanescentes;
  • Planejar as ações anti-reincidência;
  • Verificar a balança do aprendizado.

O MASP é um método que permanece atual e em prática contínua, sendo aplicado regularmente até progressivamente por organizações de todos os portes e ramos, além de uma boa ferramenta para Ações Corretivas, pode ser aplicado para determinar a causa raiz da não conformidade e verificar sua eficácia.

Certificação ISO para empresários

Saiba como preparar e certificar a sua empresa


Certificação