Skip to main content
Tempo de Leitura: 5 minutos

Quem trabalha com fabricação de produtos do gênero alimentício sabe muito bem a importância de conhecer e lidar com as regras de segurança dos alimentos.

Essa é uma preocupação que pode levar a consequências gravíssimas, assim como pode tirar o sono de muita gente. Mas, se você tem dúvidas e/ou ainda não sabe o que é segurança dos alimentos e por que ela é tão importante, esse texto vai explicar tudo o que é preciso saber.

Confira o que você vai aprender:

  • O que é Segurança dos Alimentos?
  • Para que serve a Segurança dos Alimentos?
  • Por que a Segurança dos Alimentos é importante?
  • Benefícios da FSSC ISO 22000 para a sua empresa
  • O que eu preciso saber?

O que é Segurança dos Alimentos?

Segurança dos alimentos é diferente de segurança alimentar.

Enquanto a segurança alimentar está relacionada à implantação de políticas públicas relacionadas à disponibilidade de alimentos para a população, a Segurança dos Alimentos são medidas tomadas pensando em evitar danos à saúde do consumidor que podem ser causados pelos alimentos que são comercializados.

Ou seja, através da aplicação de medidas sanitárias (de higiene) nas instalações das indústrias alimentícias, é possível reduzir (e até eliminar) os riscos à saúde.

Por isso, os requisitos de produção desses alimentos devem ser padronizados. E, para que isso aconteça, é essencial que as empresas adotem sistemas de gestão de qualidade e de segurança dos alimentos.

Além disso, o treinamento dos funcionários de acordo com essas normas e a adequação das instalações da indústria dentro dos parâmetros é essencial. Todos devem estar alinhados com relação à qualidade da produção dos alimentos.

O que é segurança dos alimentos

Para que serve a Segurança dos Alimentos?

Existem diversos programas de segurança dos alimentos – e você deve conhecer alguns. Mas, se não conhece, aproveite para saber O que é Global Markets Programme.

O objetivo da Segurança dos Alimentos é, justamente, de impedir que os alimentos comercializados possam causar algum mal ou risco à saúde.

Por isso, são adotadas medidas preventivas para que esses riscos sejam eliminados. Essas medidas são determinadas por normas internacionais – bem como o Global Markets Programme.

Desse modo, fica garantido um padrão de qualidade para os alimentos comercializados.

Assim, é possível se ter muito mais segurança ao consumir um alimento. Ao atender às normas dos programas de segurança dos alimentos, a empresa confirma seu comprometimento e cuidado com seu cliente e consumidor. E, por isso, os alimentos não devem oferecer riscos à saúde.

Isso faz com que as empresas do ramo alimentício se atentem aos agentes que podem levar riscos a quem consome seus produtos. Ou seja, busca garantir que os alimentos comercializados estão livres de contaminações físicas, químicas ou biológicas.

Por que a Segurança dos Alimentos é importante?

Implementar um programa de segurança dos alimentos é importante tanto para a empresa que fabrica, quanto para o cliente.

No final das contas, é a segurança de ambos que está em jogo. Isso porque os alimentos podem ser meios de contaminação com graves consequências à saúde.

Por isso, é essencial que os locais de fabricação assegurem a qualidade da sua produção. Dessa forma, todos se sentem seguros e confiantes ao fazer as suas compras.

Outro fato é que todos os fabricantes com certificação em programas de segurança dos alimentos geram maior confiabilidade para o consumidor de que o produto é seguro. 

Benefícios da FSSC ISO 22000 para a sua empresa

São inúmeros os benefícios da FSSC/ISO22000 em uma organização.

Afinal, conquistar a certificação representa um atestado de reconhecimento nacional e internacional à qualidade e comprometimento da empresa em assuntos relacionados à segurança do produto, pois a FSSC/ISO 22000 garante o atendimento das exigências legais, dos clientes e fornecedores.
⠀⠀⠀⠀
Confira os principais benefícios da FSSC ISO 22000 para a sua empresa:

Penetração no mercado

Atualmente os grandes players do mercado só atuam com fornecedores certificados, então as organizações que querem vender seus produtos para grandes empresas, precisam ter como base a certificação. A certificação também diminui o número de auditorias de clientes e abre a possibilidade de novos negócios.

O aumento da satisfação e da confiança dos clientes e a consequente melhoria na imagem da empresa promove a fidelização dos consumidores e a consolidação duradoura do produto no mercado. Afinal, Qualidade, Higiene e Segurança dos Alimentos estão diretamente ligados.

Exportação

A FSSC ISO 22000, por ser o esquema aprovado pelo comitê Global Food Safety Initiative (GFSI), facilita a exportação do produto, possibilitando abertura de novos mercados.

Redução de gastos com retrabalhos e desperdícios

Antes de mais nada, você sabe avaliar se está perdendo dinheiro com sua produção de alimentos?

Já que o sistema de gestão de segurança de alimentos reduz o impacto de produtos não conformes e as falhas impulsionadoras de custos e permite às empresas disponibilizar produtos e serviços seguros atendendo as expectativas de seus clientes e consumidores, é extremamente necessário saber avaliar o seu processo de produção e possíveis perdas pelo caminho.

Melhoria organizacional

Por isso, o Sistema de Gestão integra as diferentes áreas da organização, outorgando maior conscientização dos colaboradores e comunicação mais organizada e objetiva.

Além disso, a FSSC/ISO 22000 pode ser facilmente complementada com outras normas da família ISO, permitindo o desenvolvimento de um Sistema de Gestão Integrado (SGI) mais robusto e consistente.

O que é preciso saber?

Comece com uma Introdução às boas práticas de fabricação (BPF). Após essa descoberta, pense: Você se atenta à qualidade do alimento que consome?

É muito importante que você, ainda que produtor de alimentos, também reflita sobre a qualidade dos alimentos que consome. E, por isso, conheça as certificações na área de segurança dos alimentos. 

Como garantir a segurança dos alimentos?

Existem diversas formas de você implementar as medidas de segurança dos alimentos. Sendo que, sem dúvidas, a forma mais segura é através de uma certificação de um dos programas reconhecidos mundialmente.

Além de lhe garantir uma transformação plena da forma como lidar com a produção alimentícia, também garantem o selo de qualificação – ou seja, uma grande vantagem no mercado que fica cada vez mais competitivo.

Grandes empresas sempre preferem comprar os insumos daquelas que se preocupam com a segurança dos seus produtos. Mas, se você não se sente confortável com uma certificação grande logo, primeiro aconselhamos que você estude quais as diferenças entre os níveis do Global Markets Programme e suas vantagens.

O Global Markets Programme (GMP) surgiu em 2008 da mão da GFSI (Global Food Safety Initiative) como uma alternativa para as empresas de pequeno e médio porte que, mesmo com produtos de excelente qualidade, não conseguiam fornecer para grandes empresas nem redes de varejo por não ter uma certificação em segurança de alimentos.

Tudo isso vai fazer com que você garanta o mapeamento das suas necessidades. Tal como descobrir quais pontos você deve melhorar.

É identificando se o armazenamento, a higiene, o preparo e os equipamentos relacionados aos alimentos estão corretos que se pode eliminar os erros e proporcionar a segurança dos alimentos.

 

[Webinar] Segurança dos alimentos: confira o que é a Certificação FSSC 22000 e os benefícios para a indústria de alimentos

 

Ficou interessado em garantir a segurança dos alimentos na sua empresa? Entre em contato com a Templum e saiba exatamente como podemos lhe ajudar. Clique aqui para fazer um diagnóstico completo da sua empresa!

Conrado

Conrado

Marketing na Templum Consultoria