Skip to main content
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Diferenças entre monitoramento e medição

Segundo o IPEM (Instituto de Pesos e Medidas):

“Medir é comparar uma grandeza com uma outra, de mesma natureza, tomada como padrão, então a Medição é o conjunto de operações que tem por objetivo determinar o valor de uma grandeza”.

Já o Monitoramento é o acompanhamento contínuo de um projeto ou processo com base em valores pré-determinados. Segundo a ISO 9000:2015, monitoramento é definido como:

“Determinação da situação de um sistema, um processo, um produto, um serviço ou uma atividade.”

Sendo assim, qual é a importância desta discussão para a ISO 9001?

Todas as normas que estabelecem critérios para um sistema de gestão (ISO 9001, ISO 14001, ISO 45001 e outras) seguem uma metodologia conhecida como PDCA (Plan-Do-Check-Act), que define uma sistemática de melhoria constante.

Uma das etapas desse ciclo é o Check (checar):

“Monitorar e medir os processos e produtos em relação às políticas, aos objetivos e aos requisitos para o produto e relatar os resultados”.

Ora, se um dos princípios da ISO 9001 é a melhoria contínua, a organização precisa ter critérios mensuráveis para “medir” a eficácia e eficiência dos seus produtos e processos e estabelecer uma rotina para “monitorar” esses critérios para saber como está a tendência da evolução dos resultados. Com base nos dados obtidos abrir ações corretivas ou preventivas para corrigir e melhorar o seu sistema de gestão.

Dica de leitura: ISO 9001 requisitos – 7.1 – Recursos/ recursos de monitoramento e medição

Portanto, o monitoramento e a medição são partes indispensáveis de qualquer sistema de gestão da qualidade e que por isso precisam de uma atenção especial na implementação da ISO 9001.

Vamos lá. Bom Trabalho!

Daniela Albuquerque

Daniela Albuquerque

Diretora Técnica na Templum Consultoria