Jonathan Reis
Por Jonathan Reis

O Programa 5S como Recurso Estratégico nas Organizações

O objetivo do Programa 5S é gerar um planejamento classificatório que visa ordem, limpeza, melhor produtividade, segurança, organização e motivação dos colaboradores e, consequentemente, contribuir como recurso estratégico de competitividade organizacional. O programa busca, entre outros, solucionar problemas que envolvem higiene e limpeza no ambiente de trabalho, e sua incorporação no dia-a-dia dos colaboradores resulta […]


O objetivo do Programa 5S é gerar um planejamento classificatório que visa ordem, limpeza, melhor produtividade, segurança, organização e motivação dos colaboradores e, consequentemente, contribuir como recurso estratégico de competitividade organizacional.

O programa busca, entre outros, solucionar problemas que envolvem higiene e limpeza no ambiente de trabalho, e sua incorporação no dia-a-dia dos colaboradores resulta na melhoria do espaço físico através da organização e uma comunicação mais eficaz entre os departamentos.

Após sua implementação, o comportamento dos colaboradores muda no aspecto da disposição psicológica em compor uma equipe. Isso é comprovado pelos resultados positivos que podem ser obtidos em relação aos itens: qualidade, ambiente comunicativo de trabalho, união, comprometimento e facilidade de adaptação para novas perspectivas de trabalho.

 

Quais os benefícios de um Programa 5S?

  • Promove o bem-estar do ser humano;
  • Melhora a qualidade de bens e serviços (pode ser evidenciado por índices de reclamação);
  • Melhora o ambiente de trabalho (pode ser evidenciado através de pesquisa de clima);
  • Melhora a imagem da organização (pode ser evidenciada através de pesquisas de satisfação);
  • Previne acidentes e quebras (pode ser evidenciado através de índices de acidentes e paradas de equipamentos para manutenção corretiva);
  • Reduz custos;
  • Elimina o retrabalho;
  • Aumenta a produtividade (pode ser evidenciado pelos indicadores de produtividade e índice de refugo/perdas);
  • Incentiva a criatividade (pode ser evidenciado através de ações preventivas e programas de ideias e sugestões de melhoria);
  • Serve de base para outros sistemas;
  • Muda comportamentos (pode ser evidenciado através de índices de absenteísmo, rotatividade e acidentes).

 

Dicas para uma implementação mais eficaz:

  • Auditorias periódicas (mensal, trimestral, semestral e anual);
  • Premiação por desempenho;
  • Plano de metas;
  • Registro fotográfico (antes e depois);
  • Apresentação dos indicadores de não conformidades nas auditorias realizadas;
  • Palestras e treinamentos;
  • Reunião com as lideranças.

 

RIBEIRO, Haroldo. A Bíblia do 5S. 1 ed. Salvador, Editora Casa da Qualidade, 2006.

LOURENÇO, Antonio. Promovendo Resultados com o 5S. 1 ed. Belo Horizonte, Editora de Desenvolvimento Gerencial, 1999.