Skip to main content
Tempo de Leitura: 2 minutos

A norma de gestão da inovação que dá todas as diretrizes para sua empresa se tornar uma referência em inovação e transformar ideias em resultados!

Ao acompanhar as recentes transformações do mundo, vindas das tecnologias exponenciais, a ISO entendeu a necessidade de criar uma metodologia capaz de tornar as empresas mais preparadas para lidar com os altos impactos causados por essas transformações, estabelecendo padrões, mas considerando as especificidades de cada empresa e setor.

Inovar se tornou uma palavra de ordem e o que a ISO 56002 propõe é a estruturação dos processos para inovar com foco na geração de resultados. Afinal, se a inovação não for bem planejada, a empresa corre o risco de não conseguir transformar ideias em resultados.

Mas o que eu acho que mais representa a norma é a estruturação dos processos desde o planejamento estratégico da empresa até o dia-a-dia operacional.

Alexandre PierroPALLAS Consultoria

O processo de certificação, via atestado de conformidade, é simples. A ISO 56002 pode ser implementada em empresas de todos os portes e segmentos. É possível fazer a implementação em um único departamento ou na empresa como um todo. Há ainda casos de implementação em várias unidades ao mesmo tempo, inclusive em países diferentes, no caso de multinacionais.

O primeiro passo é realizar um assessment, que irá avaliar qual é o nível de aderência de uma empresa em relação aos pilares da norma. Após isso, é dado o start no processo de implementação do sistema de gestão de inovação, que pode levar de quatro a oito meses, dependendo do nível de complexidade e da maturidade da empresa em relação ao tema.

[Post] ISO 56002: Conheça mais sobre a ISO 56002

A implementação é simples, porém requer conhecimento técnico, tanto sobre inovação quanto sobre normas ISO. Por esse motivo, ter o apoio de uma consultoria experiente é fundamental. Então, após finalizar o processo de implementação de todos os itens normativos, a organização passa por uma auditoria de certificação, que deve ser feita por um organismo certificador homologado. Por fim, com a aprovação do auditor, a empresa recebe o atestado de conformidade.

Com o atestado de conformidade em mãos, é hora de colocar todos os processos em operação, a fim de gerar um grande volume de ideias que podem se tornar uma inovação, seja em produtos, processos ou mesmo em modelos de negócios. Além disso, acompanhar os indicadores é imprescindível para garantir o sucesso do sistema de gestão da inovação.

A organização, com uma periodicidade de 12 meses, deverá passar por uma auditoria de recertificação, onde serão novamente analisados todos os aspectos normativos para mapear lacunas, não-conformidades e possíveis oportunidades de melhoria. Estando tudo certo, a empresa terá seu certificado renovado.

Camila Marcocci

Camila Marcocci

Marketing na Templum Consultoria