Patricia Moyano
Por Patricia Moyano

FSSC ISO 22000: Segurança dos Alimentos

A ISO 22000 é uma norma internacional que define os requisitos de um sistema de gestão com o intuito de garantir a segurança de alimentos abrangendo todas as organizações envolvidas na cadeia alimentar, ou seja, todos os atores desde a “colheita à mesa”, também conhecido como Farm to Fork.


O objetivo deste post é trazer informações sobre o sistema de gestão ISO 22000 e a certificação FSSC 22000, e os benefícios que eles podem trazer para sua empresa. Aqui você aprenderá:

O QUE É ISO 22000?

A ISO 22000 é uma norma internacional que define os requisitos de um sistema de gestão com o intuito de garantir a segurança de alimentos abrangendo todas as organizações envolvidas na cadeia alimentar, ou seja, todos os atores desde a “colheita à mesa”, também conhecido como Farm to Fork.

Em outras palavras é o sistema de gestão que visa definir padrões de trabalho que garantam que os alimentos não causarão nenhum tipo de dano à saúde do consumidor final.

PARA QUE SERVE A ISO 22000?

Os sistemas de Gestão em Segurança de Alimentos (SGSA), como a ISO 22000, servem para que as organizações aprofundem o conhecimento sobre si mesmas, definam sua cultura e a partir daí elaborem estratégias para garantir a segurança do seu produto, de maneira de se comprometer não somente com o elo seguinte da cadeia, se não que também com o consumidor final.

QUAL A DIFERENÇA COM A FSSC 22000?

A primeira versão da ISO 22000 surgiu em 2005 como uma norma com a estrutura da ISO 9001, mas especificamente desenvolvida para as empresas do segmento de produção de alimentos. Ela inclui requisitos relacionados à definição do SGSA e à obrigação de realizar a análise de perigos do sistema com base na ferramenta HACCP (traduzido ao português como APPCC- Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle).

Já a FSSC 22000 (Food Safety Sistem Certification) é um esquema de certificação do sistema de segurança de alimentos, que inclui os requisitos da ISO 22000, requisitos de boas práticas de fabricação incluídos na especificação técnica do segmento (ISO/TS 22002-x) e requisitos adicionais do esquema FSSC. As certificações FSSC são reconhecidas no mercado mundial mais do que a ISO 22000. Por isso é que a FSSC é, cada vez mais, o sistema escolhido de preferência para as organizações que procuram acessar ao mercado exterior.

O QUE MINHA EMPRESA GANHA COM ISSO?

São inúmeros os benefícios da FSSC/ISO22000 em uma organização. Conquistar a certificação representa um atestado de reconhecimento nacional e internacional à qualidade e comprometimento da empresa em assuntos relacionados à segurança do produto, pois a FSSC/ISO 22000 garante o atendimento das exigências legais, dos clientes e fornecedores.

Além disso, possibilita maior desenvolvimento dos colaboradores, serve como alavanca na busca pela qualidade total, propicia condições para maior competitividade no mercado, otimização de processo e a redução de custos.

Penetração no mercado

Atualmente os grandes players do mercado só atuam com fornecedores certificados, então as organizações que querem vender seus produtos para grandes empresas, precisam ter como base a certificação. A certificação também diminui o número de auditorias de clientes e abre a possibilidade de novos negócios.

O aumento da satisfação e da confiança dos clientes e a consequente melhoria na imagem da empresa promove a fidelização dos consumidores e a consolidação duradoura do produto no mercado.

Exportação

A FSSC 22000, por ser o esquema aprovado pelo comité Global Food Safety Initiative (GFSI), facilita a exportação do produto, possibilitando abertura de novos mercados.

Redução de gastos com retrabalhos e desperdícios

O sistema de gestão de segurança de alimentos reduz o impacto de produtos não conformes e as falhas impulsionadoras de custos e permite às empresas disponibilizar produtos e serviços seguros atendendo as expectativas de seus clientes e consumidores.

Melhoria organizacional

O Sistema de gestão integra as diferentes áreas da organização outorgando maior conscientização dos colaboradores e comunicação mais organizada e objetiva.

Além disso a FSSC/ISO 22000 poder ser facilmente complementada com outras normas da família ISO, permitindo o desenvolvimento de um Sistema de Gestão Integrado (SGI) mais robusto e consistente.

Saiba como a ISO 22000 impacta na sua organização

Os cuidados que seu produto deve ter na distribuição para seus clientes


Saiba

A ESTRUTURA DA ISO 22000?

A ISO 22000 na versão 2018 possui a sua estrutura baseada na Estrutura de Alto Nível das normas ISO. Isso quer dizer que é compatível com outras normas de sistema de gestão facilitando a sua integração.

A estrutura da norma é:

  • Prefácio
  • Introdução
  • 1. Escopo
  • 2. Referências normativas
  • 3. Termos e definições
  • 4. Contexto da Organização
  • 5. Liderança
  • 6. Planejamento
  • 7. Apoio
  • 8. Operação
  • 9. Avaliação de desempenho
  • 10. Melhoria
  • Anexo A
  • Anexo B
  • Bibliografia

A FSSC/ISO 22000 NA PRÁTICA

Qualquer empresa do segmento alimentício, comprometida com seu cliente e com a saúde do consumidor final e que procure a melhoria continua tem perfil para implantar a FSSC/ISO 22000, não importa o tamanho ou o setor de atuação.

Entre os clientes da Templum Consultoria estão: produtores primários, fabricantes de embalagens, fabricantes de insumos para a indústria de alimentos, fabricantes de produtos para o consumidor final (alimentos, bebidas, suplementos), serviços de alimentação e outras organizações de tamanhos variados.

AUDITORIA DE CERTIFICAÇÃO

A organização pode optar pela certificação ISO 22000 ou FSSC 22000, nesse último caso ela deve implementar a ISO 22000 e a ISO/TS22002 aplicável ao segmento, além de atender os requisitos adicionais do esquema FSSC 22000 (publicados no site www.fssc22000.com)

A organização deve procurar um organismo certificador acreditado que será o responsável de avaliar o atendimento aos requisitos da norma e indicar a certificação.

Para a certificação inicial, a organização será auditada em dois estágios. A auditoria do estágio 1 verifica se o sistema foi planejado e desenvolvido em conformidade com os requisitos da norma. A auditoria do estágio 2 confirma a execução do planejamento avaliado no estágio 1. Essa auditoria acontece in loco com o fim de confirmar a implementação do sistema de gestão da segurança de alimentos.

Após o sucesso nas duas auditorias iniciais a empresa é certificada, a validade do certificado e de 3 anos, com auditorias de acompanhamento anual ou semestral.

VERSÃO ANTIGA DA ISO 22000

Desde a primeira publicação da ISO 22000 em 2005 os players do mercado têm sido confrontados com novas exigências em segurança de alimentos, estimulando a necessidade de revisão da norma. Uma consulta realizada entre os usuários da norma trouxe lacunas da versão inicial, então com base nesse feedback, na revisão de 2018 os seguintes itens foram considerados:

  • Esclarecer alguns conceitos como pontos de controle, abordagem de riscos, retirada do produto e recall;
  • Assegurar uma maior aderência às pequenas e médias empresas;
  • Adotar o anexo SL a fim de garantir maior integração com as outras normas de sistemas de gestão.

Linha do tempo da revisão

A nova versão da ISO 22000 foi finalmente publicada em junho de 2018, mas o processo de revisão começou em novembro de 2014 como pode ser visto na linha de tempo abaixo.

Linha do tempo ISO 22000

DÚVIDAS FREQUENTES

Quais segmentos da cadeia alimentar podem certificar na FSSC?

Existem diferentes escopos de certificação, cada escopo inclui os requisitos da ISO 22000 e os requisitos da especificação técnica própria do segmento onde a organização se enquadra, como se mostra na lista que segue:

  • ISO/TS 22002-1, para processamento industrial de Alimentos; bioquímicos; produção de alimentos para cães e gatos.
  • ISO/TS 22002-2, para serviços de Catering;
  • ISO/TS 22002-3, para Agricultura;
  • ISO/TS 22002-4, para produção de Embalagens para alimentos;
  • ISO/TS 22002-6, produção de alimentos para animais;
  • BSI PAS 221, para serviços de varejo;
  • NTA 8069, para serviços de transporte e armazenagem de alimentos.

O que é o GFSI (Global Food Safety Initiative)?

O GFSI é uma fundação sem fins lucrativos, criada em maio de 2000. O Fórum Global de Bens de Consumo dirige e administra esta fundação através de representantes da indústria (Coca-Cola, Carrefour, Wal-Mart, Danone, Kellogg, Nestlé, Johnson & Johnson, Procter & Gamble, PepsiCo, Unilever, General Mills, Kraft Foods, Bimbo, entre outros), constituído por mais de 650 varejistas, fabricantes, prestadores de serviços e outras partes interessadas presentes em mais de 70 países.

Quais são as etapas para certificar minha organização no sistema FSSC22000?

Para uma organização ser certificada no sistema FSSC22000 ela deve ter um sistema de gestão em Segurança de Alimentos que atenda aos requisitos da ISO 22000, da ISO/TS, os requisitos adicionais do sistema e os requisitos do cliente, legais e regulamentares aplicáveis.

Como a Templum pode ajudar a minha organização certificar?

Nossa metodologia passo a passo entrega o conhecimento necessário para implementar o sistema de gestão na sua empresa através de nossa plataforma digital.
Tudo fica registrado na nuvem e seu consultor está disponível todos os dias para guiar seu processo.

Utilizamos o que tem de mais moderno para transferir o conhecimento que sua empresa precisa, no tempo e ritmo que ela precisa. Tudo é acompanhado de perto por nossos consultores e sua certificação é garantida em contrato.

Patricia Moyano

Patricia Moyano

Formada em Microbiologia pela UNRC na Argentina, e apaixonada pela inocuidade dos alimentos. Diplomada em MBA de Negócios e Empreendedorismo pela UFJF-MG,
Especialista em Segurança de Alimentos e auditora líder FSSC 22000 pela SGS Academy. Possui mais de 8 anos de experiência na gestão da qualidade e segurança dos alimentos.
Patricia Moyano